A diferença entre Liquidez e Volume

Partilhe este artigo

Hoje vamos explicar-lhe a diferença entre Liquidez e Volume, dois conceitos muito comuns no jargão do investidor em ações.

Os termos estão correlacionados, aliás liquidez é consequência de volume, mas de facto têm significados diferentes:

  • O termo “volume” (volume em inglês) refere-se, na bolsa de valores, à quantidade total de ações que são transacionadas durante um certo período de tempo. O mesmo conceito existe noutros mercados financeiros, seja o de futuros, obrigações, commodities, etc.
  • Já o termo “liquidez” (liquidity em inglês) refere-se à rapidez com que ações podem ser compradas ou vendidas pelo seu preço de mercado.

Assim, dizemos que uma ação é muito líquida quando tem um elevado volume, pelo que o investidor pode construir ou desfazer-se de uma posição com relativa facilidade, sem receio de que a cotação seja grandemente afetada pelas suas ordens de compra e venda.

Já uma empresa que esteja longe das luzes da ribalta, como muitas do nosso PSI-Geral português, atrai menos a atenção dos investidores, levando a poucas ordens de compra e venda e, consequentemente, pouco volume. Nestas ações pouco líquidas, o investidor tem que ter alguma cautela ao construir ou desfazer-se da sua posição, especialmente quando a sua quantidade de ações é grande.

Ler outros Artigos

Investidor analisa um relatório
Escola da Bolsa

Como (e porquê) obter o Número de Ações Emitidas

Começamos por explicar porque é importante saber o número de ações emitidas: As bolsas de valores servem, em primeira instância, para financiar as empresas cotadas; Uma das formas de financiamento

Uma pessoa de braços estendidos e mãos em concha voltadas para cima, com diversas figuras digitais, humanas, sobre as mãos.
Escola da Bolsa

A Equipa de Gestão: COB, CEO e CFO

As empresas são lideradas por Equipas de Gestão e a sua influência do sucesso da empresa é determinante! Conhecemos vários líderes icónicos, como Jeff Bezos, Elon Musk ou o falecido

Calcular a CAGR - Taxa Média Anual de Retorno
Escola da Bolsa

Como calcular a Taxa Média Anual de Retorno

A Taxa Média Anual de Retorno (em inglês CAGR, sigla que significa Coumpounded Annual Growth Rate) é extremamente útil para qualquer investidor. É utilizada, por exemplo, para aferir o desempenho